a importancia do inglês para profissionais da saúde
Photo by humberto chavez on Unsplash

A importância do inglês para profissionais da saúde

 

O domínio do inglês por parte dos profissionais da saúde se tornou essencial, dado que o mundo está cada vez mais globalizado e o mercado de trabalho mais exigente. Além disso, muitas oportunidades se abrem para aqueles que dominam a língua.

Para aqueles que trabalham na área da saúde, mostraremos 5 pontos em que o inglês pode impactar positivamente na sua vida profissional.

 

1 – Atender pacientes estrangeiros

 

Todo ano o Brasil recebe milhares de turistas. Como problemas de saúde nem sempre são previsíveis, é provável que dentre esses milhares de viajantes haja alguns que necessitem utilizar o sistema de saúde local. Além disso, há estrangeiros que viajam ao país já pensando em fazer turismo médico.

Nessas ocasiões, falar em inglês com o paciente tornará o atendimento mais efetivo, dado que nem sempre conseguimos entender o que uma pessoa doente tem por meio de gestos. 

 

2 – Oportunidades no exterior

 

O mundo passa por uma transição demográfica. Em diversas regiões, a população está cada vez mais velha e vivendo mais, aumentando a demanda por profissionais da área da saúde. 

Muitos países desenvolvidos, como o Canadá, Austrália e Nova Zelândia possuem programas de imigração para atrair estrangeiros qualificados que desejam trabalhar no país. Entre as profissões com o visto de trabalho facilitado, muitas são da área da saúde, como médicos, enfermeiros e fisioterapeutas.

Sendo assim, saber falar inglês pode garantir uma experiência no exterior e até mesmo a residência permanente em outro país, tendo como benefício uma excelente remuneração e qualidade de vida para você e sua família.

 

3 – Oportunidades acadêmicas

 

O inglês é a língua franca das pesquisas médicas e da criação de novos materiais de estudo na área. Dessa forma, o domínio do idioma é de suma importância para quem deseja seguir carreira acadêmica, pois além de estar a par das últimas novidades na sua área, poderá acompanhar conferências e congressos internacionais, muitas vezes apresentados totalmente em inglês.

Para aqueles que buscam aperfeiçoar seus conhecimentos, fazer uma pós-graduação no exterior é uma ótima maneira de se desenvolver profissionalmente e melhorar o seu currículo, sendo possível conseguir uma bolsa de estudos dependendo do local que você planeja estudar.

 

4 – Promoção no trabalho

 

Ao saber falar inglês, você conseguirá acompanhar o que há de mais novo na sua área, fazendo com que você esteja mais qualificado para garantir um melhor atendimento no ambiente de trabalho. Isso refletirá na sua vida profissional aumentando suas chances de conseguir uma posição de destaque e, consequentemente, uma promoção e um salário maior. Diversas pesquisas comprovam que profissionais que falam inglês fluentemente ganham mais.

 

5 – Participação em trabalhos voluntários

 

Já pensou em usar o seu conhecimento para ajudar pessoas em situação de emergência? Para aqueles que desejam fornecer ajuda humanitária trabalhando em uma Organização Não Governamental (ONG), como o Médicos Sem Fronteiras, por exemplo, o inglês aparece como um dos requisitos na triagem do currículo, afinal, afinal, você precisará falar com um grande número de pacientes, e é sabido que o inglês é a língua mais utilizada para a comunicação internacional.

 

Conclusão

 

Você viu a importância da língua inglesa para você, profissional da saúde? Saber falar inglês te ajudará de diversas formas, independente de onde você deseja atuar (Brasil ou exterior) e qual caminho você quer seguir na sua área de atuação (carreira acadêmica e profissional). 

Por esses motivos, recomendamos que você pense em investir no aprendizado da língua, pois impactará positivamente na sua carreira.

Se você deseja começar com os seus estudos, o LF Idiomas pode te ajudar por meio do nosso curso de inglês, com um conteúdo adaptado para suas necessidades, atendendo estudantes de todos os níveis de proficiência. Para mais informações, entre em contato conosco.

 

Por Henrique Vidal Romano, produtor de conteúdo e analista de mídias sociais.

Compartilhe este conteúdo nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *